segunda-feira, 16 de maio de 2011

Barriga feminina chapada não é tão importante para os homens

Se você é do tipo que se mata nos exercícios abdominais para ficar com a barriga chapada e fazer sucesso com o sexo oposto, observe esses dados: uma pesquisa realizada pelo Delas, na qual mais de três mil homens responderam sobre a parte do corpo feminino que mais admiram, o abdome ficou em último lugar, com 8% dos votos. O bumbum, campeão absoluto, levou 40% das respostas, seguido pelos seios (35%) e pernas (17%).


Para as mulheres, no entando, a circunferência da cintura parece ser um drama. Segundo o mesmo estudo, com participação de mais de cinco mil mulheres, 45% delas fariam algum tipo de correção na região da barriga – a lipoaspiração ficou em primeiro lugar, com 25% dos votos, e, logo em seguida, a abdominoplastia somou 20% das intenções.
Dono do abdome mais exibido da Rede Globo, o ator Marcos Pasquim analisa outras partes no corpo feminino antes da barriga. “Eu não acho que seja uma parte chamativa. Primeiro vem a boca, as mãos, e por aí vai”, diz ele. Colega de profissão, Max Fercondini concorda: “Fora o sorriso e o olhar, olho o rosto como um todo, e depois reparo nas pernas. Nunca tinha parado pra pensar na barriga; vou até começar a reparar mais”, promete. (Não, Max, continue assim).
“As mulheres que estão muito preocupadas em ter um abdome seco não sabem o que realmente atrai os homens”, diz Fernando Gomes, publicitário de 29 anos. “Nunca me desinteressei por uma mulher só por causa da barriguinha”. Para Hélio Andrade, analista de sistemas, 33 anos, o corpo feminino apreciável tem mais a ver com a harmonia das curvas do que com os centímetros da cintura. Uma gordurinha aqui outra ali não incomoda, desde que seja discreta, sem exageros. Segundo o gerente de projetos Daniel Fernandes, 30 anos, no “mundo real”, todas as mulheres têm uma gordurinha no abdome. E incomoda? “Um pouco, mas existem outras coisas que incomodam muito mais numa relação”, diz.
Ironicamente, a opinião dos homens parece pesar pouco quando o assunto é se sentir à vontade com a própria cintura e, por consequência, desejável e sexy. Qual mulher nunca ouviu do namorado a declaração sincera de que “você está ótima!” – e, mesmo assim, continuou cismada com a aparência? Na busca pela barriga de tanquinho, madrinhas de bateria representam sonhos, e o espelho, muitas vezes, um carrasco.
No jogo da conquista, o corpo tipo violão é a preferência absoluta dos homens (35%) – independente de gordurinhas localizadas. Tendo como referência os seios, a cintura tem que ser menor e o bumbum maior. As chamadas marombeiras, com barriga tanquinho e perna musculosa, ficaram em ultimo lugar, com apenas 1% da preferência masculina. Um viva à Beyoncé.



Fonte: IG