quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Vereadores de SP aprovam projeto que separa vagão para mulheres

Pois é mulhereda os vereadores de São Paulo aprovaram na terça-feira (1º), por unanimidade, em primeira votação, um projeto que obriga uma quota de ônibus e vagões de trens e Metrô só para mulheres. O projeto ainda vai para uma 2ª votação, sem data prevista.
O projeto, do vereador Alfredinho do PT, tem o objetivo de evitar os abusos e as situações constrangedoras que muitas mulheres sofrem dentro do transporte coletivo por causa do comportamento de alguns homens. O projeto ainda vai para uma 2ª votação, que ainda está sem data prevista.Ou seja ainda tem chão para a coisa toda rolar de verdade.
Pelo projeto, seria obrigatório "destinar faixa nos ônibus e vagões específicos nos trens e metrô, na cor rosa, com dizeres “espaço exclusivo para mulheres” em percentual não inferior a cinquenta por cento da frota, para identificar o veículo, indicando ser espaço reservado a mulheres em horário determinado", diz o texto.Em nota, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo disse considerar“operacionalmente inviável” a adoção de vagões exclusivos.
As faixas de cor rosa serão pintadas na frente, lateral e parte de trás dos ônibus e na porta de entrada dos vagões. Ainda de acordo com o texto, "a preferência para utilização dos ônibus e vagões de metrô e trens deverão ser respeitada durante o horário das 6h às 10h e das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira, exceto os dias de feriado".
Agora me diz o que você acha...é a favor? 

Bjusss
Mariana Zani